Botulismo – transmissão, sintomas e tratamento

O botulismo é uma doença bacteriana grave, não contagiosa, causada pela ação de uma potente toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum, encontrada no solo, nas fezes humanas ou de animais e nos alimentos. A infecção não é provocada diretamente pela bactéria, mas sim pelas neurotoxinas produzidas por ela. A doença tem instalação súbita, com acometimento predominantemente neurológico, caracterizado por paralisia motora progressiva.

Sintomas

Os principais sintomas são visão dupla e embaçada, fotofobia (aversão à luz), tonturas, boca seca, intestino preso e dificuldade para urinar. Com a evolução da doença, a fraqueza muscular pode se espalhar, atingindo os músculos do tronco e membros. O mais grave de todos os sintomas do botulismo é a paralisia dos músculos respiratórios, o que pode ser fatal.

Tratamento

O tratamento do botulismo exige internação hospitalar e consiste, basicamente, em suporte para as funções cardíacas e pulmonares, além do uso do soro antibotulínico e de antibióticos para eliminação da toxina e bacilo presentes. O processo de recuperação é lento e depende de como o sistema imunológico reage, porém o diagnóstico precoce e tratamento imediato reduz significativamente o risco de morte do paciente.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page