Desidratação: Saiba como identificar

A desidratação é uma condição caracterizada quando o corpo usa ou perde mais líquido do que o ingerido. Essa condição acaba afetando diretamente o funcionamento normal do organismo. Ao perder muita água, o corpo fica fora de equilíbrio, causando assim sintomas desagradáveis, se não for corretamente tratada, a desidratação severa pode levar à morte.

Tipos de desidratação?

A desidratação pode ser classificada em três tipos:

Isotônica: É o tipo mais comum da desidratação, principalmente em crianças e idosos, é caracteriza-se por uma perda proporcional de água e sódio por meio de vômitos e diarreias.
Hipertônica: É a desidratação que cursa com perda de água e aumento do sódio no sangue. Esse tipo de desidratação é secundária geralmente a alguns problemas de saúde, como o diabetes insipidus ou doenças mais graves, como queimaduras extensas ou febres prolongadas.
Hipotônica: O uso excessivo de alimentos ou remédios com efeitos diuréticos gera a perda do sal, que é eliminado devido às atividades dos rins, e a consequente redução do nível de sódio no sangue. Costuma acontecer também com quem tem alguma deficiência no aparelho renal.

Sintomas

Os sintomas mais comuns da desidratação são sede e boca seca. Porém, apenas a sede não é parâmetro para o diagnóstico, importante verificar sintomas associados, tais quais: boca e peles secas; tontura; fraqueza; cansaço excessivo; diminuição da elasticidade da pele; dor de cabeça; diminuição ou ausência de lágrimas; queda da pressão arterial; Aumento da frequência cardíaca, dentre outros.

Dicas de como se prevenir

– Ingerir pelo menos 2 litros de água ou outros líquidos, como sucos, por dia. No caso de crianças ou idosos, sempre verificar se estão ingerindo água;
– Não praticar exercícios físicos nas horas mais quentes do dia;
– Usar roupas leves para diminuir a perda de líquido pelo suor;
– Como a diarreia é uma causa importante de desidratação, certifique-se de que os alimentos consumidos foram bem lavados e preparados adequadamente;
– No caso do aumento das perdas de líquido, é necessário fazer a reposição com água e sucos, o soro caseiro também é uma boa opção – composto de 1 litro de água filtrada ou fervida, uma colher rasa de chá de sal e duas colheres rasas de sopa de açúcar.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page