Hanseníase: saiba mais sobre essa doença

A hanseníase, conhecida antigamente como Lepra, é uma doença crônica e transmissível na qual pode-se levar a incapacidades, se não tratada. É uma das doenças mais antigas da humanidade. Embora seja uma doença basicamente cutânea, pode afetar os nervos periféricos, os olhos e, eventualmente, alguns outros órgãos. A doença pode apresentar principalmente 4 formas clínicas: indeterminada, borderline ou dimorfa, tuberculoide e virchowiana. Em termos terapêuticos, somente 2 tipos são considerados: paucibacilar (com poucos bacilos) e multibacilar (com muitos bacilos). A transmissão de uma pessoa para outra ocorre via gotículas e secreções nasais. Contato casual e contato breve parecem não disseminar a doença. Sintomas:

Os principais sinais e sintomas da doença são: Manchas esbranquiçadas (hipocrômicas), acastanhadas ou avermelhadas, com alterações de sensibilidade (a pessoa sente formigamentos, choques e câimbras que evoluem para dormência - se queima ou machuca sem perceber); Pápulas, infiltrações, tubérculos e nódulos, normalmente sem sintomas; Diminuição ou queda de pelos, localizada ou difusa, especialmente sobrancelhas; Falta ou ausência de sudorese no local - pele seca.

Tratamento

Ambos os tipos de hanseníase (paucibacilar e multibacilar) são tratados com antibióticos. O tratamento é eficaz e cura. Após a primeira dose da medicação não há mais risco de transmissão, durante o tratamento e o paciente pode conviver em meio à sociedade.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page