Intoxicação Alimentar: Conheça as causas, sintomas e tratamento

A intoxicação alimentar é um problema de saúde provocado pela ingestão de água ou alimentos contaminados por bactérias, vírus, fungos ou toxinas. A contaminação pode ocorrer durante a manipulação, preparo, conservação ou armazenamento dos alimentos. Apesar de não ser considerada grave, quando atinge crianças e idosos merece atenção redobrada.

Sintomas

Os sintomas de intoxicação alimentar surgem entre 6 e 36 horas após a ingestão do alimento contaminado. Independentemente do micro-organismo determinante, os efeitos da intoxicação alimentar aguda são todos parecidos; incluem: náuseas, vômitos, diarreia, febre, dor abdominal, cólicas e mal-estar. Em quadros mais graves, pode ocorrer desidratação, perda de peso e queda da pressão arterial.

Tratamento

O tratamento da intoxicação quando a base de medicamentos, são apenas para controlar as náuseas e vômitos. Mas na maioria dos casos o tratamento é caseiro, isto é, é feito com a ingestão de muitos líquidos e adoção de uma alimentação leve, equilibrada e pobre em gorduras até alguns dias após o desaparecimento dos sintomas, para que o organismo se recupere.

Prevenção

A grande dificuldade da prevenção é o fato de os alimentos contaminados não apresentarem sinais da presença do micro-organismo, em geral, sua aparência, gosto e cheiro costumam ser absolutamente normais. Alimentos contaminados por certos parasitas são os grandes responsáveis por grande parte das intoxicações alimentares, devido a isso, é indispensável estar atento na hora da compra, transporte, armazenamento e preparo das refeições A prevenção também está associada ao saneamento básico e a medidas básicas de higiene e manuseio, como por exemplo lavar as mãos antes das refeições e depois de usar o banheiro.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page