Mononucleose: Saiba mais sobre a “doença do beijo”

A mononucleose, também conhecida popularmente como doença do beijo, é uma síndrome infectocontagiosa causada pelo vírus Epstein-Barr, da família Herpesviridae. O vírus invade as células que revestem o nariz e a garganta, afetando glóbulos brancos, que são responsáveis pela defesa do organismo. A mononucleose pode ser, as vezes, ser assintomática, principalmente entre os mais jovens.

Sintomas

Quando sintomática a monocleose geralmente apresenta os seguintes sintomas:
• Fadiga extrema
• Febre
• Inflamação da garganta
• Linfonodos inchados

Do ponto de vista laboratorial, um sintoma bastante indicativo de mononucleose é o surgimento de glóbulos brancos com forma anormal, chamados de linfócitos atípicos

Tratamento

Assim como a maioria das infecções causadas por vírus, o tratamento da mononucleose é sintomático, ou seja, tratamento voltado a controlar ou aliviar os sintomas. Para os casos que apresenta febre, por exemplo, procura-se aliviar com antitérmicos e a dor de garganta com analgésicos.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page