Ovário policístico: o que é, sintomas e tratamento

A Síndrome do Ovário Policístico é um distúrbio endócrino que provoca alteração dos níveis hormonais, levando à formação de cistos nos ovários que fazem com que eles aumentem de tamanho. Os ovários são dois órgãos, um de cada lado do útero, responsáveis pela produção dos hormônios sexuais femininos e por acolher os óvulos que a mulher traz consigo desde o ventre materno. As causas da síndrome ainda não são bem definidas, no entanto acredita-se que pode ser favorecida pela interação de diversos fatores, como sobrepeso, genética, metabolismo, pré-diabtetes, resistência à insulina, alimentação inadequada e falta de prática de atividade física.

Sintomas

Os sintomas da síndrome do ovário policístico costumam começar durante a puberdade e pioram com o passar do tempo. Os sintomas podem também, variar de pessoas para pessoas, mas de forma geral, são:

- Alterações menstruais;
- Aumento dos pelos no rosto, seios e abdômen;
- Dificuldade para engravidar;
- Ganho de peso;
- Acne;
- Atraso no desenvolvimento das mamas;
- Também pode haver queda de cabelo.

Tratamento

A síndrome do ovário policístico em si não tem cura, porém, o tratamento aliado a mudanças para um estilo de vida mais saudável, costuma apresentar bons resultados. Em geral, o tratamento medicamentoso baseia-se nos sintomas. Nos casos mais graves, quando há uma grande quantidade de cistos, aumentando o tamanho do ovário, pode ser recomendada a realização de cirurgia para retirar os cistos ou o ovário.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page