Papanicolau: O que é o exame e quais doenças ele detecta

O papanicolau é um exame simples e rápido que colhe células do colo do útero para análise em laboratório – seu principal objetivo é prevenir contra o câncer de colo de útero. Ele tem esse nome por causa de seu inventor, o médico romeno Georgios Papanicolaou, que o tornou célebre nos anos 1940.

O Papanicolau ajuda a detectar quais doenças?

Além do câncer de colo do útero e de suas lesões, o exame ajuda a diagnosticar infecções vaginais como Gardnerella vaginalis, Tricomoníase e candidíase. Como a coleta do exame envolve exame genital, também é possível perceber doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, gonorreia, condilomatose, clamídia e cancroide.

Toda mulher deve fazer o exame Papanicolau?

Sim, é recomendado que mulheres com idade de 25 a 64 anos façam exame de Papanicolau frequentemente. Apenas pelo procedimento é possível diagnosticar precocemente a presença do vírus HPV e, assim, evitar o câncer do colo do útero.

O exame pode causar dores?

O Papanicolau costuma ser indolor, apresentando apenas um breve incômodo. Porém, caso a mulher esteja muito tensa ou nervosa, pode tensionar a musculatura da vagina, o que pode causar desconforto e uma leve dor. Isso acontece porque durante o exame é utilizado um utensílio (conhecido popularmente como “bico de pato”) para abrir levemente a cavidade vaginal. Se a musculatura estiver tensionada, pode ser um pouco mais complicado inserir o utensílio para fazer a coleta da amostra e consequentemente visualizar o colo do útero.

Esse artigo tem apenas a intenção de informar, sempre procure auxilio de um médico de confiança

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page