Pedra na vesícula: causas, sintomas e tratamento

Pedra na vesícula é um problema caracterizado por pequenas pedras que se formam na vesícula biliar, órgão que se assemelha ao formato de uma bolsa localizada no quadrante superior direito do abdômen, logo abaixo do fígado. Sua principal função é armazenar a bile, um líquido amarelo-esverdeado, rico em colesterol, pigmentos e bicarbonato, produzido pelo próprio fígado. A bile é uma substância que auxilia na digestão das gorduras da alimentação. As pedras surgem, em geral, quando há uma alteração entre a fração líquida da bile em relação à sua fração “sólida”, tornando a bile menos fluida e gerando pequenos núcleos de cristais que se agrupam cada vez mais, chegando a formar pequenas “pedras”.

Sintomas

Alguns casos de pedra na vesícula podem ser assintomáticos, mas outros provocam sintomas que incluem:
• Dor súbita e repentina no abdômen superior direito;
• Dor súbita e repentina no centro do abdômen;
• Dor nas costas (na parte de cima do tórax);
• Dores no ombro direito;
• Náuseas e vômitos.

Tratamento

O tratamento para pedra na vesícula pode ser feito à base de medicamentos que diluem o cálculo se ele for constituído apenas por colesterol. Em outros casos, pode ser necessária a cirurgia para remover a vesícula biliar (com a retirada da vesícula biliar, a bile flui diretamente para o intestino delgado em vez de se concentrar no local). A vesícula é um órgão importante, mas não é vital, a maioria dos pacientes sem vesícula vive sem grandes problemas. Os principais sintomas que surgem após a retirada da vesícula são aumento dos gases e fezes mais amolecidas, principalmente após a ingestão de alimentos gordurosos.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page