Saiba sobre a importância de consultar um cardiologista preventivamente

O coração humano é um órgão muscular oco que representa a parte central do sistema circulatório. Sua função é bombear o sangue oxigenado (arterial) proveniente dos pulmões para todo o corpo e direcionar o sangue desoxigenado (venoso), que retornou ao coração, até os pulmões, onde deve ser enriquecido com oxigênio novamente. Para manter esse fluxo saudável a consulta ao cardiologista, que é o médico responsável pelo diagnóstico e tratamento das doenças do coração, deve ser feita não apenas quando surgem sintomas.

Qual a importância das consultas regulares?

Problemas na saúde do coração são geralmente associadas a dores no peito ou no braço, porém, nem sempre os problemas cardíacos dão sinais logo em seu início. Na realidade, algumas doenças desse tipo podem ser assintomáticas e permanecer silenciosas por muitos anos. Com exames regulares e um acompanhamento próximo, é possível diagnosticá-las precocemente e iniciar um tratamento quanto antes, aumentando as chances de cura ou melhorando os prognósticos.

Qual idade certa para realizar a consulta preventiva?

Não há uma idade exata para começar a fazer consultas preventivas com o cardiologista, porém, é importante que os homens a partir dos 45 anos e mulheres a partir dos 50 que não apresentam história de problemas no coração façam consultas anuais ao cardiologista. Caso seja fumante, esteja com sobrepeso, tenha antecedentes familiares e seja sedentário, recomenda-se iniciar uma rotina de exames a partir dos 30 anos, com acompanhamento médico; se os resultados estiverem dentro de índices normais, os exames devem ser repetidos a cada dois anos e, se alterados, semestralmente ou a critério do especialista.

*Esse artigo tem apenas a intenção de informar, procure sempre orientação de um médico de confiança.

Atendimento

Agende sua visita
Close and go back to page